HIM ~ Tears on Tape Tour 2014 - Framed in Blood

HIM ~ Tears on Tape Tour 2014

domingo, abril 06, 2014

Domigo passado (30/03) foi o dia do primeiro show do HIM no Brasil.
Eu estava muito animada por ir ver o show de uma das minhas bandas preferidas e ainda ao lado do meu namorado e da minha melhor amiga.
Acabei  não conseguindo usar o outfit que planejei, por causa da chuva eu achei que os ambientes ficariam fechados e abafados e na correria também não consegui tirar uma foto do outfit. T_T

No fim, a chuva que caiu foi apenas aquela que servia pra estragar a chapinha e me arrependi de não ter usado o outfit que eu planejei.
Resolvi ir de metrô/trem e pra variar, nunca funciona direito e atrasou horrores (30 minutos esperando o trem pra ir pra Granja Julieta). 


Cheguei lá e encontrei a Mandy, que já tava querendo me matar pelo atraso.
Minha cadeira e a do Vinicius era do lado oposto do da Mandy (por causa da confusão na hora de comprar os ingressos, não tínhamos conseguido comprar juntas), mas como a menina que ia na mesa dela não conseguiu ir ao show e nem vender o ingresso, uma cadeira ficou livre e pedimos para os seguranças levarem uma cadeira que seria da nossa mesa pra mesa da Mandy e eles deixaram (depois de ver com o casal que estava na mesa se não teria problema pra eles também. 


Foi a primeira vez que fui a um show no HSBC Brasil e ao contrário do que imaginei, não me arrependi de ter pegado frisa ao invés da pista.
Conseguia assistir o show muito bem de onde eu estava sem precisar me preocupar com pessoas mais altas na minha frente.E pela segunda vez gostei do lugar onde foi feito o show (só fui em uns organizados pela Yamato, no The 69 Eyes no Carioca Club e no Guns que foi em estádio), espero que eu possa ir a mais shows em lugares assim e que a Yamato aprenda eventualmente que não é legal com os fãs e nem com banda fazer shows em lugares com estrutura de bar de esquina.

A set list foi quase impecável, senti falta apenas de músicas do Screamworks: Love in Theory and Practice. Tocaram algumas das minhas favoritas e foi lindo como em todas as músicas a plateia cantou junto, muitas vezes o próprio Ville parava de cantar pra deixar a gente cantar. O mais engraçado é que apesar da turnê ser do Tears on Tape, tivemos poucas músicas do álbum, mas consegui ouvir minhas favoritas desse álbum (só faltou a Drunk on Shadows) e muitas outras antigas que foram as que me fizeram começar a gostar de HIM.

Acho que num geral, a setlist foi muito boa e acho que pra quem foi de primeira viagem, sem conhecer muito da banda, recebeu uma setlist bem preparada pra entender e conhecer melhor a essência da banda.

Vou precisar pedir desculpas pela falta do outfit e pela qualidade ruim das fotos, eu só gravei alguns vídeos das músicas, mas só pedaços pra guardar de recordação, porque estava com só o celular e tinha pouco espaço </3. 
Cheguei acabada em casa e com a garganta doendo de tanto gritar/cantar e ainda tinha que trabalhar no dia seguinte, mas valeu cada momento (e cada centavo). <3
Foi o melhor show que eu já fui (junto com o the GazettE, embora a casa de show tenha sido porca). 

Quero tudo de novo, como faz? <3 

You Might Also Like

0 comentários

Instagram

Subscribe